Saiba como funciona um laboratório

Seu portal de Saúde e Bem Estar

Saiba como funciona um laboratório

Os laboratórios são centros equipados com instrumentos específicos, para que conduzam ali pesquisas e experiências. Essas pesquisas, possuem grande impacto no desenvolvimento de novas tecnologias.

E na obtenção de conhecimentos, que variam de acordo com o ramo principal no qual o laboratório está especificado.

Além disso, os laboratórios possuem séries de regulamentações, para que as pesquisas ocorram sem influências de agentes externos que, de alguma forma, possam afetar o resultado.

E que também, permitam que outros laboratórios refaçam as experiências para que se averigue sua consistência. Laboratórios não só possuem regulamentações para a condução de experiências.

É essencial para todos que trabalham ali, que possuam conhecimentos a respeito da segurança no trabalho e dos riscos que o local oferece.

Quais são as medidas de segurança em  laboratórios?

As medidas e rotinas dentro de um laboratório, são elaboradas para preservar, sempre em primeiro lugar, a integridade física daqueles que o frequentam.

Os acidentes que envolvem agentes químicos, são bem comuns dentro desses ambientes e por muitas vezes, gravíssimos, assim como os que ocorrem com eletricistas, etc.

A primeira norma, está relacionada às vestimentas dos trabalhadores. É necessária uma proteção nos olhos, para evitar que haja algum tipo de prejuízo à visão e aos globos oculares.

As mãos sempre devem estar cobertas por luvas de borracha, principalmente para o manuseio de líquidos. Em caso de objetos quentes, usam-se máquinas designadas justamente para isso ou mesmo luvas com isolamento térmico.

Os jalecos sempre devem estar bem fechados, assim como os calçados. Os procedimentos para lidar com radiação e agentes virulentos são mais extremos.

Contudo, extremamente necessários, pois se coloca a vida em uma situação ainda arriscada. Os jalecos, geralmente, são cobertos por uma vestimenta mais grossa e pode ocorrer de haver uma proteção para o rosto também.

Fora toda vestimenta, existem algumas regras óbvias a serem seguidas. Fumar em laboratórios, é extremamente proibido, não só por ser um ambiente fechado, mas também por se trabalhar com muitos materiais inflamáveis.

Assim como, pode ocorrer da fumaça reagir com alguma substância. É também recomendável não usar vestimentas de material sintético, com risco de serem inflamáveis também.

A bancada, onde são feitas quaisquer atividades, deve ser constantemente higienizada e, em caso de acidentes, todos os processos realizados dentro do laboratório devem ser suspensos.

Materiais que tiveram contato direto com agentes químicos, devem ser descartados imediatamente e nunca levados à boca e/ou guardados com objetos pessoais.

Não somente é necessário conhecer as normas, como também, deve haver conhecimento sobre os objetos, com os quais vai se trabalhar dentro do laboratório.

Vamos conhecer alguns dos objetos presentes dentro do laboratório

Podemos citar diversos objetos que existem dentro dos laboratórios, mas o mais comum e mais popular, definitivamente, é o microscopio.

Todavia, existem diversos outros que realizam as mais diversas atividades. A capela de fluxo laminar, possui extrema importância dentro do laboratório.

Ela é utilizada como área de trabalho, para manipulação de agentes biológicos. Seu diferencial, se encontra na capacidade de gerar um ambiente único.

Para que não haja qualquer tipo de interferência de agentes externos, dentro dos componentes, em seu interior, podendo evitar contaminações gerais. Sua faixa de preço gira em torno dos dez mil reais.

A chapa aquecedora é um das ferramentas mais comuns em laboratórios também. Sua função primária, está no aquecimento de vidraças, geralmente para frascos, para aquecimento da substância que se encontra dentro deles.

É essencial a noção da influência da temperatura para pesquisas científicas. O preço dessa peça, costuma variar de R$500,00 até R$2.000,00.

Por fim, podemos também falar do traçador de altura. Geralmente, é mais utilizado em laboratórios de metrologia. O traçador, tem como função principal a de medir, obviamente, na vertical.

Sendo usado em indústrias variadas, para conseguir uma base para altura de seus produtos. O preço dessa peça pode alcançar a faixa de dois mil reais.

Existem diversos tipos de objetos dentro dos laboratórios, com funções mais básicas, como o termômetro, e outros incomuns à primeira vista, como a capela aquecedora.

Para um leigo, é totalmente justificável a falta de conhecimento, quando relacionado à esses objetos, contudo, um cientista precisa ter conhecimento sobre a mecânica desses.

Para que possa tirar o máximo de proveito durante sua utilização e ainda assim, evitar qualquer acidente envolvendo eles, seus colegas de trabalho e todo o ambiente.

 

Um comentário

  1. Lucas disse:

    Muito boa a explicação!!! Um bom artigo para quem gosta desses segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *