Procedimentos estéticos para idosos

Seu portal de Saúde e Bem Estar

Procedimentos estéticos para idosos

Segundo o IBGE, o número de idosos no Brasil aumentou em 18% desde 2012 e chegou a 30,2 milhões em 2017. Por isso, a procura por casa de repouso tem se tornado cada vez maior.

Ao contrário do que se pensava antigamente, as casas de repouso não são sinônimos de abandono, mas sim de cuidado. Essas instituições garantem cuidado constante, segurança, interação social, lazer, boa alimentação e, até mesmo, cuidados estéticos.

Este artigo lista cinco motivos pelos quais todo Asilo para idosos particular deve contar com cuidados estéticos e valorizar todos os aspectos de suas vidas, não apenas a saúde.

É fato que a auto-estima influencia diretamente na qualidade de vida dessas pessoas, sendo um fator importante para o psicológico.

O encontro entre a estética e a saúde

O sorriso merece cuidados na terceira idade

A endodontia diz respeito ao segmento da odontologia que trata da polpa do dente, da raiz do dente e do tecido periapical (um tecido conjuntivo).

Dentro dessa área, está o tratamento de canal, que é essencial para a saúde dos idosos, grupo que possui a imunidade baixa e estão mais propensos a desenvolver uma doença mais grave a partir de uma simples infecção.

Isso pode parecer um problema supérfluo, mas infecções dentárias podem chegar ao extremo de causar tumores ou câncer.

Para quem busca mais rapidez, conforto e melhores resultados se deve procurar pela Endodontia automatizada.

Um exemplo de vantagem que a automatização gera é o uso do localizador eletrônico foraminal, que basicamente serve para identificar onde termina o canal. Ele é útil porque a radiografia não consegue fornecer essa informação com precisão.

Mas esse é apenas um dos equipamentos que fornecem mais segurança e melhores resultados para a terceira idade.

Algumas clínicas odontológicas oferecem a possibilidade de se visualizar as imagens e acompanhar todo o tratamento com explanações detalhadas, o que deixa o paciente muito mais tranquilo.

Melhorar a pele facial aumenta a auto-estima

Quando se fala de auto-estima em pessoas idosas, um dos elementos que mais gera insatisfação é a pele.

Por isso, esse órgão, que é o maior do corpo, merece muita atenção. Há pessoas que optam por cirurgias plásticas e, de fato, elas são um grande aliado para quem busca se sentir belo e bem disposto.

No entanto, há muitos outros meios mais simples. Confira algumas das substâncias de Tratamento para rejuvenescer o rosto:

  • Dimetilaminoetanol;
  • N6-furfuriladenina;
  • Ácido alfalipoico;
  • Isoflavonas;
  • Raffermine;
  • Tensine;
  • Cobre.

Essas substâncias tratam a pele de diferentes formas, algumas sendo mais indicadas para quem tem a pele flácidas, outras para quem tem edemas, para quem busca melhorar o tônus da pele e tantas outras possíveis aplicações.

Além disso, existe a possibilidade de fazer peeling, que é um tratamento para descamar a pele e, assim, tratar rugas, flacidez, manchas e cicatrizes.

O procedimento acontece de forma segura e simples, basta deixar o rosto bem limpo, podendo se usar um sabonete de limpeza profunda, aplicar o produto e, depois do tempo necessário, colocar uma máscara com função calmante.

Cuidar dos cabelos é necessário

Com a velhice, surgem os cabelos brancos. Muitas pessoas acham a mudança bonita e a abraçam, mas há quem se sinta inseguro com ela. Nesse caso, uma alternativa é colorir os fios.

Contudo, é necessário ter atenção com o tipo de química usado, pois os idosos são um grupo mais frágil e produtos menos agressivos devem ser usados. Além disso, cabelos com química pedem por cuidados constantes, como a hidratação.

Vale ressaltar que garantir uma alimentação saudável também influencia na beleza das madeixas, o que é mais um dos muitos fatores para que se examine a qualidade dos alimentos da casa de repouso antes de contratar os serviços.

O amor próprio na terceira idade

Cuidados estéticos são terapêuticos!

Massagens geriátricas são um dos procedimentos estéticos para a melhor idade mais comuns e, por muitas vezes, podem contar com o uso de óleos com efeitos terapêuticos.

Por exemplo, o óleo de lavanda é usado para melhorar a artrite, reumatismo, palpitações, ansiedade, depressão e problemas circulatórios.

Manicure, pedicure e maquiagem

Por fim, é necessário que se estimule a vaidade. Existem produtos de maquiagem voltados para a pele idosa, cuja fórmula pensa nas mudanças hormonais e nos danos causados por anos de poluição e radiação solar.

Assim, são produtos seguros e capazes de deixar muitas mulheres mais felizes. Da mesma maneira, fazer as unhas das mãos e dos pés pode estimular o amor próprio, além de ser higiênico.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *