Os cuidados para uma melhor recuperação cirúrgica

Seu portal de Saúde e Bem Estar

Os cuidados para uma melhor recuperação cirúrgica

As intervenções cirúrgicas podem despertar muitos questionamentos, em especial, sobre os procedimentos pós-cirúrgicos que devem ser adotados para melhor recuperação do paciente.

É preciso estar atento às recomendações para cada tipo de cirurgia, afinal, dependendo do tipo de intervenção, bem como a parte do corpo operada, é necessário um tipo de cuidado específico.

Além disso, existem certos materiais, aparelhos e utensílios na área de saúde que colaboram para uma recuperação do pós-operatório mais rápida.

Por esse motivo, o paciente deve sempre perguntar ao médico quais são os principais cuidados, recomendações, o que deve ser evitado ou feito depois de passar por qualquer tipo de cirurgia.

Após uma cirurgia, independente de qual for, o paciente fica vulnerável e o seu sistema imunológico mais baixo. Por esse motivo, há maior propensão a problemas subsequentes, como infecções e complicações.

Por isso, a atenção no pós-operatório deve ser redobrada.

Alguns dos principais materiais que ajudam na recuperação de pacientes

Apesar de cada cirurgia ter uma especificação quanto aos cuidados, alguns aparelhos e materiais são muito comuns, sendo utilizados, até mesmo, para o tratamento hospitalar.

Além disso, esses itens ajudam no controle da dor do paciente, visto que em muitos casos, há impossibilidade de movimentação.

Vale ressaltar que o pós-operatório é um momento delicado, no qual o paciente precisa de assistência médica e de zelo.

Apesar disso, o pós-operatório não deve ser encarado como algo difícil, em que o paciente se vê distante da total reabilitação.

O uso de materiais e equipamentos ajudam nesse sentido, pois demonstram que a recuperação pode ser mais simples do que o imaginado.

Assim, entre os itens mais usados no pós-operatório, destaca-se a muleta axilar, um elemento que proporciona que o paciente anda sem a ajuda dos membros inferiores.

As muletas são indicadas para todos os pacientes que estão com mobilidade reduzida por conta de uma cirurgia. Mas também, podem ser usadas em casos de:

  • Torções ou fraturas nas pernas;
  • Torções ou fraturas nos pés;
  • Após ataques neurológicos e cardíacos;
  • Idosos com dificuldade de movimentação.

Quem deseja sair da cama hospitalar, mas ainda está com dificuldades de andar com precisão, também pode ser beneficiado pelas muletas.

Em alguns casos, recomenda-se o uso desses acessórios por alguns dias, especialmente quando o paciente não pode apoiar os membros no chão.

Além das muletas, há muitos outros itens que ajudam na recuperação de pacientes no pós-operatório. Destaca-se, também, a ação da bota de unna preço acessível, que é um material de terapia contensiva.

De modo geral ela é indicada para o tratamento de úlceras venosas, bem como em edema linfático dos membros inferiores.

A principal função da bota de unna é auxiliar no retorno venoso, além de diminuir o edema, para maior flexibilidade e conforto do paciente.

Como é a recuperação pós-cirúrgica de procedimentos estéticos

Os cuidados com o pós-operatório também devem ser feitos em intervenções estéticas, já que elas também são cirurgias, como qualquer outra.

Em alguns casos, é recomendável o uso de materiais para reabilitação, que vão ajudar o paciente, além de melhorar o aspecto do procedimento.

A rinoplastia, por exemplo, uma das cirurgias mais procuradas, consiste na modificação do nariz, sendo necessário que o paciente tome os devidos cuidados após o procedimento.

Posteriormente à cirurgia, o paciente irá sair com um tampão de gaze no nariz, que permanece até o terceiro dia do pós-cirúrgico. Pode ser preciso utilizar uma tala no local, que irá acomodar melhor a estrutura nasal.

Os cuidados da rinoplastia também envolvem a alimentação, sendo recomendável a ingestão de alimentos leves e frios nos primeiros dias, para prevenir sangramentos nasais. Também é indicado que o paciente faça repouso de, no mínimo, 7 dias.

Finalmente, as cirurgias dentárias também precisam de cuidados de recuperação.

O uso de enxerto osseo preço, por exemplo, no caso de implantes dentários, é muito complicado, uma vez que é preciso esperar por vários meses, para que o enxerto ósseo crie um novo osso forte e, assim, possa garantir que o implante fique estável e seguro.

Por esse motivo, inúmeras recomendações são dadas ao paciente, incluindo adotar uma alimentação pastosa e gelada nos primeiros dias, manter a higienização bucal em dia, fazer repouso absoluto e evitar movimentos bruscos, como exercícios e atividades físicas, em especial, nos primeiros dias após o procedimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *