Os cuidados necessários com o passar dos anos

Seu portal de Saúde e Bem Estar

Os cuidados necessários com o passar dos anos

Filhos que saem de casa, corpo que muda e pessoas próximas que falecem. Esses são alguns dos fatores que podem fazer com que a vida de uma pessoa de terceira idade seja muito mais difícil e precise de mais cuidados do que alguém que ainda não chegou nesse momento imagina.

Isso, junto com o fato de que a fatia de idosos da população tende a crescer, faz com que a sociedade tenha que desenvolver cada vez mais técnicas e maneiras para garantir o bem-estar das pessoas nesta faixa etária.

A boa notícia é que, por mais que essa seja uma tarefa complexa, ela está bem longe de ser impossível. Várias soluções podem mitigar os efeitos nocivos do envelhecimento, tanto nos idosos em si quanto nas pessoas que os rodeiam. Deste modo, é possível obter uma melhor qualidade de vida para todos.

Quer saber mais sobre isso? Então continue lendo e confira alguns cuidados que devem ser tomados à medida que um ente querido envelhece.

  1. Contratação de um cuidador

A principal marca que o envelhecimento deixa sobre o corpo são as mudanças no organismo. Isso, por sua vez, aumenta as chances de se desenvolver uma série de doenças, tais como:

  • Alzheimer;

  • Mal de Parkinson;

  • Doenças cardiovasculares;

  • Osteoporose.

Por mais que, em suas etapas iniciais, esses problemas possam ser administrados pela própria família, à medida que eles avançam, os entes queridos podem não dar conta da tarefa.

Nesse momento, a melhor opção é contratar um cuidador de idosos. Como o seu próprio nome diz, trata-se de um profissional, muitas vezes da área da saúde, que passa por uma formação muito específica, na qual aprende a lidar com as necessidades de pessoas da terceira idade.

Assim, ele poderá proporcionar uma qualidade de vida muito melhor a quem estiver sob os seus cuidados.

  1. Adoção de procedimentos estéticos para cuidados

Como se já não bastassem as doenças físicas, a terceira idade também é marcado por outra característica, que, por sua vez, pode comprometer a saúde mental: a falta de autoestima. Como ela pode gerar quadros depressivos e de ansiedade, é algo que tem que ser acompanhado de perto.

Mais uma vez, é possível tomar medidas para evitar que ela caia, e, assim, prejudique a saúde do idoso. Por exemplo, no caso daqueles que sofrem com a queda ou a mudança de textura do cabelo, é possível investir em uma peruca full lace, de modo a melhorar a aparência e reduzir os danos à autoestima.

Vale ressaltar que, no caso do cabelo, esse não é o único procedimento que pode ser usado para recuperá-lo, e, assim, melhorar a aparência, também é possível investir no transplante capilar.

Por mais que ele possa ser mais caro, o resultado é mais natural, e quem passa por ele não tem que lidar com os contratempos da peruca, como o fato de que ela esquenta a cabeça ou a possibilidade de que ela saia do lugar.

  1. Tratamento ortodôntico para cuidados de idosos

Além de doenças e questões de autoestima, há outro fator que tende a atingir mais os idosos do que pessoas de outras faixas etárias: a perda dos dentes. Normalmente, ela é gerada pela falta de cuidados, que, por sua vez, é causada pela perda de destreza e da capacidade de movimentos, prejudicando a escovação e o uso do fio dental.

A boa notícia é que isso é perfeitamente evitável! Basta visitar o dentista regularmente. Deste modo, o profissional poderá fazer um check-up da saúde bucal do idoso, além de realizar uma limpeza mais profunda, evitando a perda dentária.

Caso ela já tenha acontecido, é possível investir em técnicas como o implante, restaurando o sorriso e melhorando a autoestima.

Vale ressaltar que, no caso de pessoas da terceira idade que ainda contam com a dentição natural, nada impede que eles se submetam aos procedimentos da odontologia estética. Por exemplo, uma pessoa com dentes extremamente amarelados tem muito a ganhar com a realização de um clareamento dental interno.

  1. Internação em uma casa de repouso

Por mais dedicados que os entes queridos do idoso sejam, chega um momento no qual nem mesmo o cuidado doméstico especializado é o suficiente para garantir que o indivíduo terá uma boa qualidade de vida.

Nesse caso, é preciso considerar enviá-lo a um estabelecimento especializado, como um day care para idosos.

Felizmente, esses estabelecimentos não são o que eram há alguns anos. Atualmente, eles oferecem até mesmo atividades esportivas e sociais, de modo que seus moradores mantenham uma boa qualidade de vida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *