Não espere pela segunda-feira: dicas de alimentação

Seu portal de Saúde e Bem Estar

Não espere pela segunda-feira: dicas de alimentação

Os hábitos alimentares influenciam na aparência, na disposição, na saúde física e mental e em outros aspectos. Por isso, muitas pessoas planejam ter uma alimentação saudavel – mas apenas planejar não é suficiente.

O que se deve fazer é tomar uma atitude, ir até o mercado e fazer compras diferentes do usual. Neste artigo, você vai descobrir o que fazer para melhorar a sua alimentação de forma fácil e efetiva.

Mudando hábitos

O primeiro passo para uma melhor nutrição é beber mais água. Pode parecer bobo, mas a água faz toda a diferença. Uma semana bebendo pelo menos dois litros por dia e você já vai ter resultados visuais, com uma pele mais bonita e um cabelo mais sedoso.

Para conseguir essa façanha, a dica é comprar uma garrafinha de água com capacidade de 1 litro e beber duas por dia. Essa é uma forma fácil de controlar a quantidade consumida e a garrafinha pode ser levada para qualquer lugar.

Outro hábito que precisa ser adotado é se alimentar com calma. Não há porquê ter pressa. Pesquisas indicam que mastigar bem os alimentos gera mais saciação, resultando em menos desejo em se alimentar em períodos muito próximos.

Além disso, o processo de digestão acontece com mais facilidade, absorvendo melhor os nutrientes. O tempo mínimo recomendado para uma refeição é de 20 minutos. Além disso, não é recomendado ingerir líquidos durante a refeição e cada refeição precisa acontecer de 3 em 3 horas.

Todo nutricionista concorda que ingerir alimentos integrais é um dos primeiros passos que alguém que deseja ser mais saudável deve tomar.

Esses alimentos possuem mais fibra alimentar, melhorando o processo digestivo e problemas como a prisão de ventre. Além disso, promovem o controle do colesterol e, assim como a mastigação mais cuidadosa, resultam em mais saciação.

Outra medida importante para quem quer embarcar no hábito da alimentação balanceada é a compra de frutas e hortaliças. Procure um hortifrúti perto de sua casa e faça uma visita semanal. Os alimentos que devem ser comprados são:

  • Tubérculos;
  • Raízes tuberosas;
  • Leguminosas;
  • Frutas cítricas;
  • Frutas vermelhas;
  • Hortaliças herbáceas.

Dentro da classe dos tubérculos estão o cará e a batata-doce. Já alguns exemplos de raízes tuberosas são a beterraba e a cenoura. Entre as leguminosas é possível citar os grãos que aparecem em vagens, como o feijão, o amendoim e a ervilha, por exemplo.

As leguminosas são fontes de proteína, de ferro (quando consumidas junto de alimentos riscos em vitamina C) e são antioxidantes, o que pode ser excelente para redução do colesterol.

As frutas cítricas e as vermelhas são essenciais, pois possuem diferentes vitaminas. A dica é sempre variar na escolha de frutas, o que é positivo, pois comprar a fruta da época pode ser uma forma simples de economizar.

As hortaliças herbáceas são as chamadas verduras, como o alface e o couve-flor. Esse grupo de alimentos reduz os riscos de diabetes e são ricos em cálcio.

O que fazer para perder peso?

Estar no peso ideal é o padrão de beleza atual, mas está longe de ser apenas uma questão estética. Na verdade, aquela estética esquelética das modelos de passarela está bem longe do que é ser saudável. A intenção é evitar problemas de saúde que vêm com o excesso de peso.

Muitas pessoas decidem pular refeições ou experimentam alguma milagrosa dieta para emagrecer. Essas dietas, muitas vezes, consistem no consumo de um único alimento durante certo período. Tal prática pode ser considerada nociva.

Você sabia que pular refeições pode te fazer engordar? O seu corpo interpreta que não tem muitos alimentos disponíveis e que, então, ele deve reter o máximo possível.

O ideal é comer poucas várias vezes por dia e ter uma alimentação balanceada. Recomenda-se fazer uma refeição a cada três horas. Durante essas refeições, pode-se optar pelo consumo de frutas, iogurte natural com granola, uma porção de amendoim, entre outras opções.

Além de contar com um cardápio dieta emagrecer é preciso fazer exercícios físicos e se hidratar muito. Alguns hábitos, como iniciar o dia com um copo de água com limão, ajudam a perder peso.

O consumo de fibras e redução do consumo de carboidratos e de açúcar também são ações fundamentais. Por fim, para alguém que deseja resultados rápidos e mais eficazes, marcar um horário com um nutricionista é extremamente benéfico.

O profissional avalia o seu caso em específico, com soluções direcionadas. Muitas vezes, uma dieta é definida por ele, algo perfeito para os mais organizados.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *