5 dicas para os cuidados ideais com idosos

Seu portal de Saúde e Bem Estar

5 dicas para os cuidados ideais com idosos

Os cuidados da saúde na terceira idade é uma forma de prolongar a vida e promover momentos mais intensos de bem-estar e disposição. Afinal, ainda há um longo caminho pela frente e é preciso trilhá-lo com alegria e tranquilidade.

Por isso, algumas medidas são extremamente importante para que os idosos possam contar com mais saúde, resistência e, claro, longevidade.

No artigo a seguir, acompanhe 3 dicas importantes para os cuidados ideais na alimentação e na higienização para que a terceira idade seja mais confortável e tranquila.

De olho nas vitaminas

As vitaminas são vitais para o desenvolvimento e manutenção da saúde humana. Na terceira idade, elas são ainda mais importantes, em especial a vitamina d, cuja falta tem levado a maioria dos idosos ao hospital.

Isso porque ela é produzida pelo corpo quando a pele é exposta à luz solar, de modo que muitas pessoas que não tomam sol regularmente podem enfrentar problemas com a deficiência dessa vitamina. Ela é responsável, por exemplo, pela fixação do cálcio no corpo humano.

Na terceira idade, a sua absorção cai para um terço quando comparada com a de pessoas mais jovens. Juntando isso com o fato de que grande parte dos idosos não possui o hábito de sair de casa, especialmente em dias de sol, a deficiência é quase generalizada.

Dessa forma, essa deficiência pode trazer uma série de problemas para o organismo, tais como a fragilidade acentuada dos ossos (osteoporose) e a redução significativa da força muscular.

Consequentemente, a pessoa estará mais sujeita a quedas e tombos diversos, o que pode gerar fraturas graves e até quadros de saúde mais complicados, que podem chegar a exigir a internação. Isso sem falar que a falta da vitamina em questão também está associada a:

  • Doenças cardiovasculares;
  • Depressão;
  • Diabetes;
  • Esclerose múltipla;
  • Câncer de mama/próstata/colorretal.

Como não existem muitas fontes de vitamina d, a dica é tomar sol sempre que possível e na intensidade recomendada pelo médico.

Outra dica importante e muito recomendada pelos profissionais da saúde que trabalham na área, é consumir suplementos. A “medicação” pode ser uma fonte alternativa para quem não tem a possibilidade de tomar banho de sol todos os dias, seja por morar em uma cidade chuvosa ou mesmo por outras limitações.

Ingestão de fibras

fibra é fundamental para o organismo humano por uma série de razões, dentre elas por contribuir para digestão de alimentos e, por consequência, gerar mais bem-estar a partir do fluxo intestinal correto.

No caso dos idosos, que também precisam contar com essa substância para as suas funções intestinais mais reguladas. É possível consumi-la em forma solúvel, promovendo, ainda, mais controle do colesterol.

Com a desaceleração do metabolismo, ingerir fibras se torna uma necessidade imediata. Sua ingestão correta, portanto, traz vantagens que impactam diretamente na melhoria significativa da qualidade de vida.

Os médicos recomendam 25g de fibras por dia, sendo que alguns alimentos ricos em fibras são:

  • Aveia;
  • Feijão;
  • Lentilha;
  • Laranja;
  • Maçã;
  • Cenoura;
  • Arroz integral.

Uma recomendação final que pode fazer toda a diferença é beber bastante água. Com esse hábito, a absorção das fibras será muito mais eficaz e trará benefícios mais rapidamente e com mais saúde. Além de auxiliar na hidratação.

Cuidado com a saúde dos dentes

Manter a saude bucal é essencial em todas as fases da vida. Na terceira idade, os cuidados com a higienização correta e as visitas periódicas ao odontologistas podem ser ainda mais recomendadas, pois pode prevenir quedas, quebras, etc.

Por isso, recomenda-se escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia e com creme dental que possua flúor em sua composição, reforçando as vantagens do uso.

Vale lembrar que até mesmo quem escova corretamente os dentes e mantém a higiene bucal em bom estado pode estar sujeito a alguns problemas específicos que podem surgir por diversas razões.

Por exemplo, muitos idosos precisam fazer o uso de dentaduras e tomar alguns medicamentos importantes para a saúde bucal.

Problemas como cáries e a alta sensibilidade podem aumentar com o avanço da idade, mas especialmente se não houver um cuidado regular e devidamente acompanhado.

Dessa forma, a visita periódica a uma clínica de odontologia é a melhor prevenção para quem não quer remediar depois.

Afinal, com a saúde não se brinca. Os exames de rotina e o acompanhamento especializado são maneiras de garantir a qualidade de vida na terceira idade. Além disso, hábitos saudáveis como se exercitar e se alimentar bem podem fazer toda a diferença.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *