Cuidados essenciais para os mais velhos

Seu portal de Saúde e Bem Estar

Cuidados essenciais para os mais velhos

Quando envelhecemos, nos tornamos pessoas um pouco mais sensíveis, além das rugas e dos cabelos brancos que começam a aparecer. Mas diferentemente do que as pessoas acham, isso não é péssimo e nem o fim do mundo.

Pois ser idoso não quer dizer que a pessoa não irá fazer mais nada, e muitos até nem adoecem. Ou seja, isso depende muito de hábitos antigos e o que isso proporcionará na velhice, que pode ser tanto bom quanto ruim.

Mesmo com a idade avançada, os cuidados devem ser os mesmos. As funções corporais e cerebrais podem ser ativadas por meio de atividades, e um bom lugar para isso é a casa de repouso para senhoras e senhores.

Além disso, outras medidas também devem ser tomadas, sempre com o foco de garantir uma velhice saudável. Os exames são de grande importância, pois previnem doenças e retardam problemas da idade.

E para que você saiba mais como fazer com que idosos se tornem cada vez mais ativos e saudáveis, falaremos sobre exames que podem fazer com que seja possível deixá-los mais ativos do que nunca. Acompanhe o texto e confira.

Tomografias

Primeiramente, falaremos sobre algumas tomografias que costumam ser feitas diariamente em hospitais e também laboratórios. É um exame bastante usual, mas feito somente se necessário.

O exame de tomografia é um procedimento feito em um maquinário apropriado para isso, que irá tirar variadas fotos, como se fosse uma radiografia, porém elas são captadas em 360 graus e fatiadas para que possam ser melhores visualizadas.

O tempo de exame é, mais ou menos, 20 minutos e, dependendo da região, pode demorar mais, pois a detecção fica um pouco mais difícil. Um dos mais requisitados é o exame de tomografia cervical.

Para que seja possível detectar possíveis doenças, problemas ou adversidade nesta parte do corpo é necessário que o paciente fique em repouso no tomógrafo – o maquinário mais utilizado para esses exames.

Assim será possível descobrir algumas enfermidades como:

  • Cistos;
  • Tumores;
  • Compressão de raízes nervosas;
  • Hérnias;
  • Fraturas;
  • Osteoartrite;
  • Câncer;
  • Infecções;
  • Doenças metabólicas.

Outra opção muito procurada desse tipo de exame é no  abdômen , para descobrir se há algum problema, como infecções, inflamações ou outras questões mais graves, por meio da tomografia abdome e pelve com contraste.

O contraste é um método opcional, que é um produto com elementos iodados que são aplicados por via endovenosa e ajudam a melhorar a visualização entre os fluxos sanguíneos e estruturas hipervascularizadas.

Ele não é pedido sempre, até porque, pode causar alergia e afins, mas, se possível, quando ele for mencionado, é interessante aceitar e assinar um tempo, pois é algo que ajuda muito na visualização de problemas maiores, tanto na pelve, quanto no abdômen e outros locais.

Ressonância magnética

Outro exame também interessante para que os idosos possam fazer, é a ressonância magnetica valor (a consultar), que também é feito por um maquinário bem semelhante ao tomógrafo, mas que possui um ímã, que interage com o corpo, juntamente, com campos magnéticos e radiofrequência.

Todo esse procedimento facilita a criação de imagens, também em alta definição do corpo. Ela se divide em três planos, que são o horizontal, o vertical e o corpo dividido nessas camadas. Ele é um exame bem completo e ainda não emite radiação.

Ele é capaz de captar variadas doenças também, como:

  • Esclerose múltipla;
  • Infartos;
  • Fraturas;
  • Infecções.

E ainda é possível ver toda a reconstituição de músculos, ossos, tecidos moles e cartilagens que possuímos, fazendo com que o check-up seja completo.

Porém para que ele possa ser feito, é proibido possuir objetos de metais ao corpo, assim como marca-passo e afins, pois como a sala possui um enorme ímã, ele irá repuxar onde estiver com o metal.

Ou seja, se uma pessoa possui aparelhos, próteses, titânio e outros tipos de elementos em seu corpo, é interessante entender como fará e se fará esse exame, se possível. Enfim, é necessário sempre prezar pela segurança.

Lembrando que é possível fazer ele com segurança, mas antes disso é interessante conversar com seu médico e responsáveis, para entender como será o procedimento.

Essas foram nossas dicas de cuidados e exames que os idosos terão que fazer com uma certa frequência para que seja possível controlar sua saúde e bem-estar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *