Conheça os diferentes tipos de abdominoplastia

Seu portal de Saúde e Bem Estar

Conheça os diferentes tipos de abdominoplastia

Uma abdominoplastia pode ser um excelente procedimento para homens e mulheres que gostariam de tratar o excesso de pele e tecido adiposo ao redor do abdômen.

Enquanto é um procedimento mais frequentemente realizado no pós-parto ou depois de uma perda de peso drástica, a abdominoplastia pode ser personalizada para acomodar as necessidades específicas de cada indivíduo.

Confira, a seguir, uma análise dos tipos mais comuns de abdominoplastia. Lembre-se de que essa é uma cirurgia plástica, e não uma simples drenagem linfatica, devendo ser feita por um cirurgião plástico credenciado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Tipos de abdomipolastia

1. Mini abdominoplastia

Esse procedimento trata a pele larga que fica pendurada na região inferior do estômago, comumente conhecida como umbigo.

Ao remover o excesso de pele e tecido gorduroso dessa área, os pacientes podem melhorar seus contornos e diminuir a flacidez, além da protuberância no baixo-ventre. Normalmente, os músculos abdominais são poupados e não tratados.

2. Abdominoplastia tradicional

Os músculos abdominais podem perder sua forma compacta natural devido a oscilações de peso ou ganho de peso durante uma gravidez, o que torna os músculos soltos ou separados.

Uma abdominoplastia tradicional pode reparar os músculos abdominais e remover o excesso de pele e tecido do abdômen.

Geralmente, o umbigo é reposicionado depois que a pele abdominal é apertada através do abdome reparado. Uma abdominoplastia tradicional pode ser combinada com lipoaspiração e/ou paniculectomia (remoção de pele e gordura abdominal) para melhores resultados.

Em geral, uma abdominoplastia tradicional, ou completa, segue estes passos:

  1. Uma incisão é feita no quadril logo acima da região púbica;
  2. Outra incisão é feita para libertar o umbigo da pele ao redor;
  3. A pele é separada da parede abdominal para revelar os músculos e a fáscia a serem apertados;
  4. A parede da fáscia muscular é apertada com suturas;
  5. A lipoaspiração é frequentemente usada para refinar as zonas de transição da escultura abdominal;
  6. Um curativo e, às vezes, uma roupa de compressão são aplicados, e qualquer excesso de fluido do local é drenado.

3. Abdominoplastia estendida

A abdominoplastia estendida, ou abdominoplastia em âncora, é reservada para pacientes que sofreram perda de peso significativa, muitas vezes devido à cirurgia bariátrica, e desejam ver melhorias drásticas nos contornos do corpo.

Em uma abdominoplastia prolongada, o excesso de pele e tecido é removido não apenas do abdômen, mas também dos quadris, coxas e costas. Além disso, músculos nas costas, flancos e abdômen podem ser reparados e tonificados.

4. Abdominoplastia flutuante

Essa nova técnica, também conhecida como mini abdominoplastia estendida, permite apertar e modelar através de uma pequena incisão que não é colocada ao redor do umbigo.

Por meio dessa pequena incisão, o excesso de pele é removido e o umbigo é temporariamente destacado, colocado acima dos músculos durante esse processo.

Os músculos são apertados e remodelados do esterno para a área pubiana. A pele é então apertada e o umbigo é recolocado, ou movido para baixo um ou dois centímetros, se desejado. A lipoaspiração também pode ser realizada para alcançar os resultados desejados.

5. Abdominoplastia circunferencial

Uma abdominoplastia circunferencial é um procedimento estendido até as nádegas. A cicatriz resultante percorre todo o corpo e a operação também é chamada de Lipectomia do Cinto ou elevação do corpo inferior.

Essa operação é mais apropriada para pacientes que sofreram perda de peso maciça.

Procedimentos combinados

Uma abdominoplastia pode ser combinada com lipoaspiração para realizar o contorno corporal ao redor dos quadris, coxas e nádegas. Ela também pode ser combinada com lipoaspiração de contorno, redução de mama, elevação da mama ou, ocasionalmente, histerectomia.

Lembre-se que a abdominoplastia não é como uma simples drenagem linfática homem e, por isso, traz certos riscos que podem ser sérios. Ao tomar a decisão de se submeter a tal procedimento, recomenda-se comparar os benefícios com os potenciais riscos e complicações.

Assim, todos os pacientes devem ser informados sobre dicas de saude e todos os riscos a que estão expostos. No entanto, ocorrem complicações graves em casos raros, que incluem coágulos sanguíneos, trombose, complicações cardíacas, pulmonares ou infecção.

As cicatrizes resultantes da abdominoplastia são permanentes, iguais àquelas resultantes de procedimentos feitos em clínica ortopédica quando há fratura exposta.

O tamanho da cicatriz depende da quantidade de pele que foi cortada, das técnicas usadas para a cirurgia, das habilidades do cirurgião e da capacidade de recuperação do organismo.

Embora essa cicatriz nunca fique invisível, ela geralmente é feita sob a linha de roupas de banho, por isso é coberta por roupas. Normalmente, demora de 9 meses a 1 ano antes das cicatrizes se tornarem mais claras.

Considere todas essas questões e converse com seu médico da clinica de estetica!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *